Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

武术    

Wushu - Kung fu

 

Espadas antigas exibidas no Museu de Confucio - Beijing, China.Espadas antigas exibidas no Museu de Confucio - Beijing, China.A palavra chinesa Wushu – 武术,significa, literalmente, arte marcial. Ela é utilizada atualmente na China para designar os diversos sistemas de combate que lá foram desenvolvidos ao longo de milhares de anos.

Na sociedade primitiva, onde os animais superavam de longe os humanos, o ambiente natural era perigoso e havia uma batalha cruel de “seleção natural e sobrevivência do mais apto”, onde os humanos, ao longo do tempo e naturalmente, adquiriram algumas capacidades de ataque e defesa primitivos como chutes, socos e saltos. Com o passar do tempo, eles gradualmente aprenderam a lutar com armas feitas de pedras e madeira, além das mãos, braços, pés e pernas e essa é considerada a origem do Wushu.

Figura do cavaleiro segurando a espada para matar o tigre. Período da Primavera e Outono. Espelho de bronze escavado na província administrativa de YangjinFigura do cavaleiro segurando a espada para matar o tigre. Período da Primavera e Outono. Espelho de bronze escavado na província administrativa de YangjinAs descobertas arqueológicas existentes na China indicam que na era paleolítica havia pedras polidas e afiadas, bolas de pedras, machados de mão feitos de pedra, pontas de lança feitas com ossos. Até o final do período Neolítico, foram desenvolvidos uma grande quantidade de machados, espadas e facões de pedras, arpões de ossos, pontas de flechas de metal e até machados de cobre. A maioria destas ferramentas primitivas tornaram-se os antecessores dos equipamentos de Wushu. Elas são conhecidas como as “Dezoito Armas” ou “Dezoito Habilidades nas Artes Marciais”.

O Wushu chinês é uma integração das múltiplas tradições chinesas no conceito ideológico e cultural, muito além do “treinar os ossos, músculos, pele e o “Qi” (respiração). Enfatiza a combinação interna e externa, corporal e espiritual. Ele permite não somente que os praticantes treinem os músculos, ossos e vísceras, mas, também, cultivem a moral.

Entalhado na madeira do período "wanli" (título do período do reinado de Shen Zong, da dinastia Ming), correspondendo aos anos de 1573 até 1619. "A Margem da Água da Lealdade e Justiça", ilustração "Pilar de Qingtian (nome lendário de um dos oito pilares de sustentação do atlas celeste) de lançar-se à sabedoria"Entalhado na madeira do período "wanli" (título do período do reinado de Shen Zong, da dinastia Ming), correspondendo aos anos de 1573 até 1619. "A Margem da Água da Lealdade e Justiça", ilustração "Pilar de Qingtian (nome lendário de um dos oito pilares de sustentação do atlas celeste) de lançar-se à sabedoria"Wushu também pode ser considerado um esporte de combate com ações ofensivas e defensivas, dinâmico e estático, enérgico e flexível , sob certas condições e com certas regras. Uma arte de inteligência e força, que desenvolve habilidades e fortalece o corpo e cultiva a vontade. O Wushu chinês é um esporte tradicional, profundamente enraizado e desenvolvido através de uma longa história. É uma preciosa herança cultural gradualmente acumulada e enriquecida pelo povo chinês durante sua longa história.

O Wushu chinês também é rico em conteúdo. Ele pode ser dividido em Wushu Tradicional e Wushu Moderno e, funcionalmente, pode ser estudado para desenvolvimento de combate, artes performáticas e também para melhora e cultivo da saúde. Em combate pode-se estudar técnicas com as mãos, armas, "empurrar de mãos" e outras formas de defesa pessoal. Já como artes performáticas, as acrobacias, "QIgong" e outras técnicas podem ser desenvolvidas. Para a melhoria e cultivo da saúde, o Tai Chi Chuan e exercícios de respiração, além de técnicas de meditação Daoyin, tem grande procura. As danças do Dragão e do Leão também fazem parte da cultura do Wushu.